top of page
programa_geral.png

FESTA DO LIVRO E DA LEITURA DE REGRESSO A TONDELA

 

A Festa do Livro e da Leitura, promovida pela Câmara Municipal e pela Rede de Bibliotecas de Tondela, cumpre este ano 18 edições. O evento vai decorrer entre os dias 9 e 21 de abril, com as atividades a dividirem-se entre a Biblioteca Municipal Tomaz Ribeiro e o Auditório Municipal.

 

O programa do evento inclui mais de uma dezena de atividades destinadas ao público escolar e à comunidade em geral, algumas das quais inspiradas no 25 de Abril, que aconteceu há 50 anos.

 

Ao longo dos 12 dias decorrerão peças de teatro, exposições e encontros com escritores e uma feira do livro com centenas de títulos. Pedro Chagas Freitas, o padre Ricardo Esteves e o ator Paulo Azevedo são os três autores que passarão pela iniciativa.

 

A Festa do Livro e da Leitura arranca a 9 de abril (terça-feira), pelas 14h00, com a cerimónia de abertura, seguindo-se a apresentação da peça “A caixinha de música e o bailarino de Abril” pelo Grupo de Teatro Quinta Oficina.

 

A mesma criação volta a ser apresentada no dia 10 (quarta-feira) pelas 10h00 e 11h00. No dia 11 (quinta-feira), pelas 09h00, 11h00 e 14h30, e no dia 12 (sexta-feira), às 09h00, é a vez de o Grupo de Teatro Cafinvenções subir ao palco do Auditório Municipal com a peça “O tesouro”.

 

Ainda no dia 12 será apresentado o eBook com os textos elaborados pelos alunos e pelos participantes nas oficinas de escrita realizadas no festival Montanha Literária. Já às 21h00, na Biblioteca Municipal, acontecerá uma conversa com o padre e escritor Ricardo Esteves, autor das obras “Reflexões Diárias” e “Viver a Vida na Hora da Morte”.

 

No dia 13 (sábado), novamente na Biblioteca Municipal decorrerá um encontro com Paulo Azevedo, escritor, ator e orador motivacional, autor da obra “Não há impossíveis”.

 

O festival prossegue no dia 14 (domingo) com a apresentação da peça “O Rei Midas”, pelas 15h00, na Biblioteca Municipal, pelo Grupo de Teatro Animateatro.

 

No dia 15 (segunda-feira), às 10h00, 11h00 e 14h30, novamente no mesmo equipamento municipal, pode ser vista a peça “Dona Rosa e os 25 Cravos” do Grupo de Teatro Muito me Contas. A mesma criação é apresentada no dia seguinte pelas 10h00 e 11h00.

 

Já no dia 18 (quinta-feira) subirá ao palco do Auditório Municipal, pelas 08h45, 10h30 e 14h30, a peça “A revolução está no meu sótão” pelo Grupo de Teatro Diogo Carvalho.

 

Para o dia 20 (sábado) foi agendada, às 21h00, na Biblioteca Municipal, uma conversa com Pedro Chagas Freitas, um escritor best-seller com um milhão de cópias vendidas em todo o mundo. Entre outros livros, o autor escreveu “Prometo falhar”, “Prometo amar”, “A raridade das coisas banais” ou “É urgente amar”.

 

Para fechar no dia 21 (domingo) realiza-se, às 15h00, na Biblioteca Municipal, a apresentação da peça “Trupe de Histórias – Figos” da Associação Cultural Zunzum.

 

Durante o evento estarão ainda patentes quatro exposições na Biblioteca Municipal, nomeadamente “Liberdade”, do Agrupamento de Escolas Cândido Figueiredo, “Os sentidos da liberdade”, da Escola Secundária de Tondela, “Leitura(s) da Biblioteca da Censura”, do mesmo estabelecimento de ensino, e “(Re)criação de capas de livros censurados durante o Estado Novo”, também da secundária tondelense.

 

A Festa do Livro e da Leitura foi criada com o objetivo de promover o hábito e o gosto pela leitura, garantir o acesso aos livros e ampliar a cultura e o conhecimento, sensibilizando crianças e jovens para diversas temáticas.  

programa_geral.png
Prancheta 1.png
bottom of page